Coordenação

Christine de Alencar Chaves

Antropóloga, mestre e doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de Brasília, instituição na qual é hoje professora no Departamento de Antropologia. Entre suas áreas de interesse encontram-se: rituais, etnografia, antropologia da política, campesinato. É autora de “A Marcha dos Sem-Terra. Um estudo sobre a fabricação do social” (Relume-Dumará, 2000); “Festas da Política. Uma etnografia da modernidade no sertão, Buritis/MG” (Relume-Dumará, 2003) e organizadora, junto com Carla Teixeira, de “Espaços e Tempos da Política” (Relume-Dumará, 2004).

 

Currículo Lattes

http://lattes.cnpq.br/0205473778329094

Irlys Alencar F. Barreira

É professora Titular de Sociologia do PPGS da UFC, pesquisadora 1 B do CNPq e líder do Grupo de Pesquisa Lideranças, representações e práticas políticas do Diretório de Pesquisa do CNPq. Tem doutorado na USP e Pósdoutorado na École des Hautes Études en Sciences Sociales (Paris) e no Instituto de Cências Sociais ICS da Universidade de Lisboa. Tem como campo de investigação experiência nas áreas de Sociologia, com interfaces nas áreas de antropologia e política, atuando principalmente nos seguintes temas: cidade, política, cultura, gênero e movimentos sociais. Orientou 31 dissertações de mestrado e 23 teses de doutorado. Além de vários artigos enfocando as relações entre cultura e política é autora dos livros O Reverso das Vitrines: Conflitos Urbanos e Cultura Política (ed. Rio Fundo, 1992) Chuva de papéis, ritos e símbolos de campanha eleitoral no Brasil (Relume Dumará, 1998). Imagens ritualizadas, apresentação de mulheres em cenários políticos (editora Pontes, 2008). Cidades narradas: memória, representações e práticas de turismo (editora Pontes, 2012). Participou como consultora e representante em várias Instituições acadêmicas como Capes (representante de área nos períodos (2002-2004) e (2006-2010), CNPq (representante de área no período 2000-2002), FUNCAP- Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (representantes na Câmara de Ciências Sociais, 2009-2010). Foi diretora da Anpocs (1993-1994) e participou de vários comitês dessa instituição. Foi Presidente da Sociedade Brasileira de Sociologia.

 

Currículo Lattes

http://lattes.cnpq.br/1873147390513866

 

Principais publicações

BARREIRA, C. ; BARREIRA, Irlys. A. F. . Campos de ajuda e modos de pertencimento: um mapa moral da representação política em campanha eleitoral. Horizontes Antropológicos (UFRGS. Impresso), v. 37, p. 307-335, 2012.

http://www.scielo.br/pdf/ha/v18n37/a13v18n37.pdf

John Cunha Comerford (Coordenador do Nuap)

Professor do Programa de Pós Graduação em Antropologia Social (PPGAS) do Museu Nacional/UFRJ. Graduado em Agronomia  na ESALQ/USP, fez mestrado e doutorado em Antropologia Social no  PPGAS/Museu Nacional (concluídos em 1996 e 2001, respectivamente). De 2003 a 2011 foi professor do Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.  É autor dos livros Fazendo a Luta: falas, rituais e sociabilidade na construção de organizações camponesas (1999) e Como uma família: sociabilidade, territórios de parentesco e sindicalismo rural (2003), e organizador, com Ana Carneiro e Graziele Dainese, do livro Giros etnográficos em Minas Gerais: casa, comida, prosa, festa, briga, política e o diabo (no prelo).

 

Currículo Lattes

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4723352E9

Marcos Otávio Bezerra

Antropólogo (PPGAS/MN/UFRJ), Professor Associado IV na Universidade Federal Fluminense e pesquisador 2 de produtividade do CNPq. Tem experiência de pós-doutorado na École normale superieur (2003) e na École des hautes études en sciences sociales (2014).  Tem interesse pelos temas do Estado, da política, das relações pessoais e das formas de governo nas “zonas de influência” de grandes projetos econômicos estatais. Pesquisador vinculado ao Núcleo de Antropologia da Política (NUAP) e coordenador do grupo de pesquisa Fronteiras e Transformações das Práticas Políticas e Estatais (UFF/CNPq). É autor dos livros: Corrupção. Um estudo sobre poder público e relações pessoais no Brasil (1995), Em nome das bases. Política, favor e dependência pessoal (1999) e Política, governo e participação popular (2012, com B. Heredia, I. Barreira, M. Palmeira e O. Coradini).  Na forma de artigos publicou, dentre outros: “Etnografias da política: uma apresentação da Coleção Antropologia da Política”. Análise Social, v.XLVIII, p.465 – 489, 2013 (com John Comerford); “Pertencimento local, políticas de município e gestão de populações em  duas áreas de agronegócio.” Revista de Antropologia, v.55, p.609 – 655, 2013; “Mobilizações de bairro, repertórios de ação coletiva e trajetórias pessoais”. Antropolítica (UFF). , v.23, p.43 – 65, 2009 ; « Représentation politique et ressources publiques: pratiques et conceptions de la politique dans l’univers politique brésilien. » Cahiers du Brésil Contemporain, v.73/74, p.69 – 84, 2009 e « La Politique vue d’en bas ». Critique. Revue Générale des Publications Françaises et Étrangères, v.LX, p.66 – 76, 2004.

 

Currículo Lattes

http://lattes.cnpq.br/0957127806882841

 

Principais artigos:

Etnografias da política: uma apresentação da Coleção Antropologia da Política. Análise Social, v.XLVIII, p.465 – 489, 2013 (com John Comerford). http://analisesocial.ics.ul.pt/documentos/AS_207_f02.pdf

 

Pertencimento local, políticas de município e gestão de populações em  duas áreas de agronegócio.” Revista de Antropologia, v.55, p.609 – 655, 2012. http://www.revistas.usp.br/ra/issue/view/4884

 

Estado, representação política e corrupção: um olhar antropológico sobre a formação de fronteiras sociais. Crítica e sociedade: revista de cultura política. , v.2, p.64 – 80, 2012. http://www.seer.ufu.br/index.php/criticasociedade/issue/view/Crítica%20e%20Sociedade%3A%20Revista%20de%20Cultura%20Política/showToc

 

Políticos, Representação Política e Recursos Públicos. Horizontes Antropológicos, número 15, 2001. http://www.ufrgs.br/ppgas/ha/