Coleção NuAP

Oliveira Vianna

Nesta obra o antropólogo Luiz de Castro Faria, grande conhecedor de Oliveira Vianna, analisa os livros e o itinerário intelectual do escritor fluminense que marcou profundamente os rumos da cultura e do Estado brasileiros nas décadas decisivas de 1920 a 1950. Contribuição excepcional para delimitar as publicações de escritor tão polêmico quanto mal conhecido, com enorme rigor metodológico, este livro é também um questionamento exemplar de noções tão fundamentais e corriqueiras como pensamento social brasileiro, ou ainda, designando uma coletividade de escritores, ou ainda simplesmente o pensamento de um autor. Através do caso singular de Oliveira Vianna, a própria tradição brasileira de ensinar o mundo social é examinada sob a lupa de Luiz de Castro Faria, um dos renomados eruditos que mais se tem dedicado a estudá-la e ensiná-la em seus cursos no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social do Museu Nacional e na Universidade Federal Fluminense.